• Micromoney ERP Software

Treinamento E-Social - Tutorial sobre XML

Treinamento E-Social - Tutorial sobre XML O Que é um XML ? XML é modelo de arquivo para troca de dados entre computadores. Muito difundido hoje em dia, é a forma como a empresa vai se comunicar com a Receita Federal para envio e recebimento de dados do E-Social Sua extensão é .XML como no exemplo : S1000.XML As vantagens do XML são : Boa compatibilidade com os bancos de dados, facilitando a integração. Modelo amigável ao ser humano. Feito em arquivo texto simples, utiliza a formatação de TAGs que podem ser escritas em forma de fácil entendimento a qualquer pessoa. Exemplo de um XML João Paulo Maria Visualmente é fácil de entender o arquivo acima, temos um ASSUNTO ou GRUPO chamado "FAMILIA" e 2 registros, PAI (Conteudo Joao) e MAE (Conteudo Maria). As TAGs delimitam a informação no XML, acima temos Tags FAMILIA, PAI, MAE. Todas as Tags devem ser abertas e fechadas ao final . a diferença é a / As TAGs de forma simples, são divididas em : GRUPO . Serve para agrupar os elementos em "assuntos" . Exemplo : ATRIBUTOS . Serve para separar grupos iguais, e fica dentro da TAG do GRUPO .Exemplo : <... sobrenome="Ferreira"> ELEMENTOS . João Paulo . Aqui temos a informação desejada. São os "campos" de uma tabela Note que somente o ATRIBUTOS e ELEMENTO possuem "informações". O GRUPO serve só para agrupar os "assuntos". Cada grupo pode simbolizar uma LINHA de tabela, cada atributo a "chave" que identifica aquela linha, e os elementos são os "campos" ou "colunas de uma tabela. Em analogia a uma planilha, teriamos FAMILIA PAI MAE ------------------------------------------ FERREIRA JOAO MARIA COELHO PAULO JOANA

XML no ESOCIAL Nos arquivos de implementação do esocial que estão sendo disponibilizados para estudo e implementação, o formato não é diferente do mostrado acima, só que de uma forma mais técnica, mas as tags estão lá, grupos, atributos e elementos. Assim todos os operadores de sistema nas empresas que irão enviar aquivos do Esocial, devem estar aptos a ler, entender e verificar estes arquivos, para evitar um envio errôneo de dados, duplicados ou com falhas. Os sistemas (exemplo SIP) deverão ter ferramentas para "montar" o arquivo XML, mas o operador é que deverá identificar e "tratar" os erros junto ao sistema "importador de XML" que será disponibilizado pela receita (site do Esocial). Sem este conhecimento, qualquer problema no arquivo será rejeitado pela receita Federal, e somente após sanado os problemas, o arquivo será recebido com sucesso. O suporte dado ao esocial ficará limitado ao envio junto ao sistema SIP. Resolução de problemas nos arquivos e na transmissão de dados e retorno dos mesmos, cabe a cada empresa atraves de seus operadores, que devem procurar capacitação às novas leis, através de cursos e palestras que estão sendo realizadas em sua cidade. Para entendermos na pratica como estudar os arquivos do esocial, vamos pegar o exemplo do arquivo : "Trecho do arquivo esocial versao 1.0"

Manual de Orientação do eSocial – Versão 1.0

Registros do Evento S-2360 – Condição Diferenciada de Trabalho – Início

# Campo Pai Ele Tipo Ocor Tam Dec Desc

01 evtCDTInicio G - 1-1 - - Evento Condição Diferenciada de Trabalho - Início

02 versao evtCDTInicio A C 1-1 005 - Deve ser informado o código do leiaute utilizado para geração

03 infEvento evtCDTInicio G - 1-1 - - Informações do evento

04 idEvento infEvento A C 1-1 020 - Identificador que representa unicamente o evento dentro do lote

05 ideEvento infEvento G - 1-1 - - Informações de Identificação do Evento

06 indRetificacao ideEvento E N 1-1 001 - Informe [1] para arquivo original ou [2] para arquivo de

07 nrRecibo ideEvento E N 0-1 015 - Preencher com o número do recibo do arquivo a ser retificado.

08 tpAmb ideEvento E N 1-1 001 - Identificação do ambiente:

09 procEmi ideEvento E N 1-1 001 - Processo de emissão do evento:

10 indSegmento ideEvento E N 1-1 001 - Indicador do segmento da e-Social ao qual se refere o arquivo,

11 verProc ideEvento E C 1-1 020 - Versão do processo de emissão do evento. Informar a versão do

12 ideEmpregador infEvento G - 1-1 - - Informações de identificação do empregador

13 tpInscricao ideEmpregador E N 1-1 001 - Preencher com o código correspondente ao tipo de inscrição,

14 nrInscricao ideEmpregador E C 1-1 014 - Indicar o número de inscrição do contribuinte, conforme

15 ideVinculo infEvento G - 1-1 - - Informações de Identificação do Trabalhador e do Vínculo

16 cpfTrab ideVinculo E N 1-1 011 - Preencher com o número do CPF do trabalhador

17 nisTrab ideVinculo E N 1-1 011 - Preencher com o número de inscrição do segurado, o qual pode

18 matricula ideVinculo E C 1-1 030 - Matrícula atribuída ao trabalhador pela empresa

19 infoCDTInicio infEvento G - 1-1 - - Condição de Trabalho

20 dtIniCondicao infoCDTInicio E D 1-1 010 - Informar a data a partir da qual o trabalhador está sujeito às

21 tpCondicao infoCDTInicio E N 1-1 002 - Preencher com o código relativo ao tipo de condição

22 fatoresRisco infoCDTInicio G - 0-50 - - O registro apresenta o detalhamento dos agentes nocivos aos

23 codAgente fatoresRisco E C 1-1 005 - Informar o código do agente, conforme tabela 7.

24 intensidConcentracao fatoresRisco E C 0-1 015 - Intensidade ou Concentração da exposição do trabalhador ao

25 tecMedicao fatoresRisco E C 0-1 040 - Técnica utilizada para medição da intensidade ou concentração

26 utilizacaoEPC fatoresRisco E N 1-1 001 - Utilização de Equipamento de Proteção Coletiva.

27 utilizacaoEPI fatoresRisco E N 1-1 001 - Utilização de Equipamento de Proteção Individual

28 epi fatoresRisco G - 0-50 - - Equipamentos de Proteção Individual

29 caEPI epi E C 0-1 020 - Preenchimento obrigatório se {utilizacaoEPI} for igual a [1,2]

30 requisitosEPI infoCDTInicio G - 0-1 - - Registro onde são prestadas as informações sobre o

31 medProtecao requisitosEPI E C 1-1 001 - Informar "S" ou "N".

32 condFuncionamento requisitosEPI E C 1-1 001 - Preencher com "S" ou "N"

33 prazoValidade requisitosEPI E C 1-1 001 - Preencher com "S" ou "N"

34 periodicTroca requisitosEPI E C 1-1 001 - Preencher com "S" ou "N"

35 higienizacao requisitosEPI E C 1-1 001 - Preencher com "S" ou "N"

Valores Válidos: S, N

Ao concluir a contrução do XML, o resultado é o mostrado abaixo:

<? xml="versao1"?>

<esocial>

<evtCDTInicio id="1234" versao="1">

<ideEvento>

<indRetificacao>1</indRetificacao>

<nrRecibo></nrRecibo>

<tpAmb>1</tpAmb>

<procEmi>1</procEmi>

<indSegmento>1</indSegmento>

<verProc>vr1</verProc>

<ideEmpregador>

<tpInscricao>1</tpInscricao>

<nrInscricao></nrInscricao>

<ideVinculo>

<cpfTrab></cpfTrab>

<nisTrab></nisTrab>

<matricula></matricula>

<infoCDTInicio>

<dtIniCondicaoo></dtIniCondicao>

<tpCondicao></tpCondicao>

<fatoresRisco>

<codAgente></codAgente>

<intensidConcentracao></intensidConcentracao>

<tecMedicao></tecMedicao>

<utilizacaoEPC></utilizacaoEPC>

<utilizacaoEPI></utilizacaoEPI>

<epi>

<caEPI>1212</caEPI>

<requisitosEPI>

<medProtecao></medProtecao>

<condFuncionamento></condFuncionamento>

<prazoValidade></prazoValidade>

<periodicTroca></periodicTroca>

<higienizacao></higienizacao>

</requisitosEPI>

</epi>

</fatoresRisco>

</infoCDTInicio>

</ideVinculo>

</ideEmpregador>

</ideEvento>

</evtCDTInicio>

</esocial>

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

End. Rua das Gaivotas, 175
Jardins das Oliveiras, Fortaleza, CE 60821-160

(85) 98942.8955

(85) 99607.1482

(85) 99607.1218

(85) 99607.1621

(85) 3032.4270

micromoney@gmail.com

Micro & Money informática © 2019.   Todos os direitos reservados.